“Obrigado por ter ligado para o Hospital Júlio de Matos, a instituição mais adequada aos seus momentos de maior loucura.

  • Se é obsessivo-compulsivo, marque repetidamente o 1;
  • Se é codependente, peça a alguém que marque o 2 por você;
  • Se tem múltipla personalidade, marque o 3, 4, 5 e 6;
  • Se é paranóico, nós sabemos quem é você, o que você faz e o que quer. Aguarde em linha enquanto localizamos a sua chamada;
  • Se sofre de alucinações, marque o 7 nesse telefone colorido gigante que você, e só você, vê à sua direita;
  • Se é esquizofrénico, oiça com atenção, e uma voz interior indicará o número a marcar;
  • Se é depressivo, não interessa que número marque. Nada o vai tirar dessa sua lamentável situação;
  • Porém, se VOCÊ vai votar Sócrates, não há solução, desligue e espere.

Aqui atendemos LOUCOS e não INGÉNUOS ou IGNORANTES! Obrigado!”