Para quem quer entrar no mundo da «Alta Sociedade», aqui vai um “piqueno” dicionário com as expressões que devem utilizar no dia-a-dia e que devem seguir religiosamente!

Mas ouçam, não digam, de todo, as expressões proibidas, caso contrário todos descobrirão que não moram a Lapa (ou na Foz) mas sim na Buraca (ou em São Roque) que não passam de “pindéricos” armados em novos ricos!!!

(Nota: Aqui é de “novos ricos “que se trata. Os verdadeiros ricos não precisam de se esforçar
dramaticamente para “parecer”. Basta-lhes, apenas, ser.)

O que não se deve dizer NUNCA vs O QUE SE DEVE DIZER:

O meu pai – O pai
A minha mãe – A mãe
As crianças, os meus filhos, etc. – Os piquenos
Gorda – Lontra
Feia – Monstra
Pior que feia – Medonha
Mala – Carteira
Calças de ganga – Jeans
Filho da p*** – De baixo nível
Sem classe – Pindérico
Piroso – Possidónio
Saloia – Rústica
Inteligente – Esperto
Não é isso, jamais, etc. – De todo
Prenda – Presente
Roupa de marca – Roupa griffé
A empregada – A criada
Chauffeur – Motorista
Lareira – Salamandra
Esposa – Mulher
Esposo – Marido
Divertimento – Caturreira
Divertido – Caturra
Muito – Imenso
Verter águas, urinar, etc. – Fazer xixi
Arrear o calhau, cag**, etc. – Fazer cócó
Automóvel – Carro
Fui com o carro à oficina – O meu motorista levou o carro à revisão (dando a entender que o carro é novo, obviamente)
Conduzir – Guiar
Não sei, não faço ideia, etc. – Sei lá (acentuar o ááááááá)
P**a – Pêga
O meu marido anda com uma galdéria – O Bernardo anda com uma pindérica (atenção: dizer o nome dele)
O meu marido teve toda a noite na net a ver sites pornográficos.
O Bernardo esteve toda a noite a fazer um relatório no computador.
Futebol – Aquele desporto dos piquenos giríssimos a correr atrás da bola
Fazer amor – Ter relações
Dói-me a cabeça – Tou com uma enxaquequa terrível
Santinho (quando alguém espirra) – Não dizer NADA!! (é regra de ouro não dizer nada quando alguém espirra)
Ganda Pinta – Que máximo!
Bonito – Giro
Falecer – Morrer
Funeral – Enterro
Rádio – Telefonia
Televisor – Télévisão (carregar nos éé)
Foto – Retrato
Depois ligas-me? – Tufona-me mais tarde? (com U e não com ELE !)
Estou farto(a) disto – Tou que não posso
Salário, ordenado, juros, etc. – SEM TRADUÇÃO… é de mau tom falar em dinheiros! (Assunto Tabu! Experimente falar nisto e é imediatamente escorraçado da Alta Sociedade!)
Quanto Custa ? – SEM TRADUÇÃO… na Alta Sociedade compra-se e pronto.
Fui ao banco – Estive a tratar de uns assuntos.
Que vestido tão caro! – Que vestido medonho! (Em vez de caro, diz-se que é feio!)
Vou aos Saldos – Vou fazer compras
Comprei esta camisola estampada na feira de Carcavelos a uma cigana que vende imitações perfeitas do Jean Paul Gautier – Trouxe esta “tigresse” de Jean Paul Gautier de Paris.
O gajo da loja fez-me um desconto – O piqueno da loja foi um querido
Este perfume está em promoção – Este perfume é óptimo!
Aquele gajo é bom com’ó milho – Que piqueno giríssimo!
Leste aquela notícia do Correio da Manhã? – Leu aquele artigo do Expresso?
Caixote do lixo – Cesto dos papéis
E-mail – É-mail (carregar no é!)
Xau – Adeus