O arquitecto desceu aos portões do Inferno e foi admitido.

Mal havia chegado, já estava insatisfeito com o baixo nível de conforto do Inferno. Começou de imediato a fazer projectos e várias obras de benfeitorias foram logo iniciadas.

Pouco tempo depois já havia no inferno ar condicionado, duches frios e escadas rolantes…

O arquitecto era um tipo muito popular por lá. Um dia, Deus chamou o Diabo ao telefone e perguntou, ironicamente: – E então, como estão as coisas aí por baixo?

E o diabo respondeu: – Uma maravilha! Agora até temos ar condicionado, casas de banho reformuladas, escadas rolantes, isso sem falar no que o nosso arquitecto tem em projecto para breve…

Do outro lado da linha, surpreso, Deus exclamou: – O quê!?! Vocês têm um arquitecto aí? Isso foi engano! Os arquitectos nunca vão para o Inferno. Manda-o subir para aqui, imediatamente!

O Diabo respondeu: – Nem pensar! Eu gosto de ter um arquitecto e continuarei a mantê-lo aqui!

Deus, já meio irritado, diz em tom de ameaça: – Manda-o vir para aqui imediatamente ou tomarei as medidas legais necessárias!

Eis que o diabo soltou uma sonora gargalhada:

– AH AH AH AH ah ah… AH AH AH ah ah… Mas onde é que Tu vais arranjar um advogado?…